23/10/2010

.
Eu sei que é ridículo aos 22 anos achar que perdi o amor da minha vida e que dificilmente vou arranjar alguém que me faça sentir como me senti.
.
Acho que preciso de um par de bofetadas e uma dose de sensatez.
.

4 comentários:

Cat disse...

Deixa o tempo cumprir a sua função. A sério. É disso que precisas, não é dum par de bofetadas.

Um beijo, querida

Odalisca disse...

Já vi que o mal é geral... mas não ligo à idade, isso não tem muito a ver... também passei por um grande amor dos 20 aos 23... por isso percebo te perfeitamente... o tempo ameniza
kiss e força

Jedi Master Atomic disse...

Ya, é um bocado ridiculo pensares isso, mas um par de bofetadas não resolvem nada.

O que tens a fazer agora é apagares o hipnotismo que essa pessoa tem sobre ti e continuares a tua vida.

Formiguita Bipolar disse...

Eu passei os meus 22 e 23 a dar-me bofetadas exactamente pela mesma razão. It doesn't work!
Deixa as coisas fluir, que tudo se há-de compor.

;)